Menu

Ministério da Saúde passa a recomendar vacina contra febre amarela para todo o BrasilOferta será ampliada, de forma gradual, para alcançar 77,5 milhões de pessoas

22 MAR 2018
22 de Março de 2018
No esforço de impedir que a febre amarela avance pelo país, o Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (20), que todo o território brasileiro é área recomendada para a vacina contra a doença. A oferta será ampliada, de forma gradual, para todo o Brasil até 2019 de forma a vacinar quase 77,5 milhões de pessoas – o número equivale à população não vacinada. 

LEIA MAIS
Rio Grande do Sul confirma segundo caso de febre amarela neste anoRio Grande do Sul confirma segundo caso de febre amarela neste ano
Febre amarela mata 300 pessoas no Brasil desde dezembroFebre amarela mata 300 pessoas no Brasil desde dezembro
Os primeiros Estados a estenderem a vacinação são São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia – até esta estratégia, a vacina de febre amarela era rotineiramente aplicada em 23 estados, nove deles sendo áreas parciais de recomendação de vacinação.

De 1º de julho de 2017 a 13 de março de 2018, 920 casos de febre amarela foram confirmados no país – destes, 300 resultaram em mortes.

Oferta já ocorria em todo o RS desde janeiro

Na prática, a nova diretriz não muda em nada a estratégia de saúde pública no Rio Grande do Sul. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) estabeleceu, desde janeiro, que todos os municípios gaúchos são área de recomendação para vacina e que devem oferecer doses a seus habitantes. 

—  Todas as cidades do Estado tem vacina hoje. Já vacinamos mais de 70% da população. Antes, não tínhamos orientação do Ministério, mas tomamos essa decisão sabendo que havia doses suficientes — afirmou ao GaúchaZH o secretário Estadual da Saúde, João Gabbardo Reis.

A expectativa da SES é vacinar 90% da população gaúcha até o fim deste ano.  

Voltar

RÁDIO
REZENDE

31 3577-9196/3522-9854.